Dicas para escolher uma escolha particular

1. Semelhanças entre escola e família

A primeira dica na hora de escolher a escola do seu filho é buscar o tipo de educação que você gostaria que ele tivesse, de forma que ela esteja de acordo com suas crenças e valores.

Mas também é preciso considerar os interesses do seu filho, entendendo quais áreas ele possui mais interesse e seu modo de ver o mundo. Assim, você poderá decidir se ele irá se adaptar melhor em uma escola mais tradicional ou mais flexível.

Aqui, também vale analisar questões sobre a religião que a família segue e se a escola pode caminhar junto ou interferir na educação dada em casa. Ter essa visão evita muitos problemas futuros. 

2. Ensino oferecido pela escola

Visto as semelhanças entre crenças e valores com a escola, agora, os pais precisam saber qual a linha de ensino que a escola oferece. Como dito no início, existem muitos modelos e vertentes educacionais.

Por isso é importante saber como a escola se autodenomina. Vale a pena buscar informações com o diretor e o coordenador pedagógico, para entender como o projeto pedagógico é desenvolvido na prática. 

Outras informações relevantes dizem respeito ao número de alunos por sala e a equipe de professores. Neste quesito, você pode verificar se eles investem na educação continuada, para assim se manterem atualizados com as novas práticas de ensino.

Mais questões podem, ainda, serem observadas conforme o nível de educação.

1. Educação infantil

Se o momento para escolher a escola dos filhos é o ensino infantil, vale ter em mente que nesta fase educacional as crianças precisam de espaço para pular, correr e se divertir. 

Por isso, os pais devem dar preferência às instituições que prezam o brincar, especialmente quando isso é feito ao ar livre, em contato com a natureza, animais, hortas e jardins.

Quanto mais diversificadas forem as aulas, melhor. Seu filho precisa de vários estímulos para aprender. Por isso, questione se a escola oferece aula de música, artes, educação física, contação de histórias, dança, jogos e outras interações que estimulam a criatividade.

Também analise se a escola que entrega tarefas de casa na educação infantil. Isso acontece porque a criança ainda não está madura para fazer sozinha. 

E mesmo que as crianças ainda não leiam, é importante que a escola desenvolva o interesse pela escrita e leitura. Por isso, é indispensável observar se ela possui livros disponíveis na altura das crianças, na própria sala de aula ou em algum espaço destinado a isso.

2. Ensino fundamental

Caso o momento para escolher a escola dos filhos corresponda ao ensino fundamental, os pais devem atentar, que nesta fase, as crianças ainda precisam de espaço para brincar. Por isso, não devem abrir mão de uma escola com quadra de esportes, pátio e parquinho. 

Relacionado a isso, também é ideal é que as salas tenham em torno de 25 alunos, no máximo.

Os pais devem perguntar sobre os horários das aulas, qual o tempo de intervalo entre elas e se, nesse momento, as atividades são monitoradas ou livres.

Saber o preço dos itens vendidos na cantina da escola é outro fator importante. Aqui, os pais podem verificar se existe a possibilidade de abertura de conta, para ser paga no final do mês, e questionar se a escola permite que a família envie o lanche dos filhos.

3. Ensino Médio

Agora, se o momento para escolher a escola dos filhos ocorrer no ensino médio, é muito importante que os pais verifiquem se a instituição oferece uma programação direcionada ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ou se também existe alguma formação técnica. 

Dessa forma, eles estarão planejando melhor sua formação acadêmica e profissional.

3. Localização

Uma das questões mais importantes de como escolher a escola para o seu filho refere-se à distância. Analisar se ela fica perto ou longe de casa e se existe muito trânsito durante o deslocamento são fatores que interferem no tempo gasto, nos custos no final do mês e até mesmo nos hábitos dos filhos, como sono e alimentação. 

4. Valores

Aqui, mais do que o custo com as mensalidades, que já é um fator de grande influência no orçamento da família, os pais também precisam calcular despesas, como lanches, aulas extracurriculares, entre outras. 

Gostou? compartilha.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais posts relacionados.

Escolher uma escola de Ensino Fundamental.

O processo de aprendizado no Ensino Fundamental I Na Educação Infantil, o desenvolvimento cognitivo e...

9 fatores que os pais levam em consideração na escolha da escola

1. Valores e filosofia da instituição Além de transmitir conhecimento teórico para os alunos, a...

10 DICAS PARA ESCOLHER A ESCOLA PARA O SEU FILHO

Escolher a primeira escola ou a nova instituição de ensino das crianças não é tarefa...

Dicas para escolher uma escolha particular

1. Semelhanças entre escola e família A primeira dica na hora de escolher a escola...