Aulas Especializadas

As aulas especializadas são semanais, com duração de quarenta e cinco minutos, e têm como objetivo proporcionar aos alunos uma aproximação com as Artes – compreendendo a Música, Artes Plásticas e Artes Cênicas – com a Cultura Corporal e Jogos, com a Tecnologia e com um outro idioma, que no nosso caso, é o Inglês.

Acreditamos que esse contato com diferentes linguagens desperte no aluno a curiosidade e as habilidades que o acompanharão vida afora.

Abaixo, temos uma visão geral do trabalho realizado nestas áreas no CEI.

Artes Cênicas

As aulas de Artes Cênicas contribuem para o crescimento integrado dos alunos que, através dos jogos teatrais, do uso do corpo em situações de dança e dramatizações, do uso da voz em jogos e canto, em exercícios de relaxamento, movimentação de palco, expressão corporal e de contação de histórias, desempenham diversos papéis e interagem com os colegas, respeitando a espontaneidade lúdica e a criatividade de cada um.

Experimentam-se também no papel de expectadores em apresentações teatrais, valorizando o trabalho apresentado e realizando comentários sobre o que assistiram.

Esta disciplina utiliza diferentes recursos e linguagens como a música, a dança, a literatura, a tecnologia e as artes plásticas na construção de peças ou esquetes, criando um espaço privilegiado para a expressão espontânea, a comunicação e o desenvolvimento da linguagem corporal.

Artes Plásticas

A Educação em Arte propicia o desenvolvimento do pensamento artístico e, por meio dele, o aluno amplia a sensibilidade, a percepção, a reflexão e a imaginação.

Aprender Arte envolve, basicamente, a produção artística, a apreciação de obras de arte e a reflexão sobre elas.

A produção artística refere-se ao fazer artístico e ao conjunto de procedimentos a ele relacionados, como o desenho, pintura, colagem, escultura, gravura, modelagem, instalação, vídeo, fotografia e outros, considerando os elementos básicos da linguagem visual em suas articulações nas imagens: relação entre ponto, linha, plano, cor, textura, forma, volume, luz, ritmo, movimento e equilíbrio.

A apreciação refere-se ao conhecimento e apreciação significativa da Arte e do universo a ela relacionados: observação, estudo e compreensão de diferentes obras de artes visuais e artísticas, e movimentos artísticos produzidos em diferentes culturas e em diferentes tempos da história.

A reflexão refere-se à construção do conhecimento sobre o trabalho artístico pessoal e dos colegas e sobre a arte como produto da história e da multiplicidade das culturas humanas, com ênfase na formação cultivada do cidadão.

Educação Física

A participação de forma cooperativa e solidária, vivenciando diferentes formas de linguagem corporal, é o principal objetivo das nossas aulas que estão divididas por trimestre, em três módulos.

No primeiro, trabalhamos “Corpo e Movimento”, realizando atividades que levam os alunos a perceberem sensações, limitações e alterações que ocorrem antes, durante e após os exercícios propostos. Para estas aulas utilizamos arcos, mini-trump, pneus, plinto, tatames e outros materiais de ginástica rítmica.

O segundo módulo compreende as “Atividades Esportivas”, fazendo com que os alunos possam vivenciar exercícios com bola e atividades lúdicas, visando à compreensão de regras básicas relacionadas aos jogos e esportes. Neste período, acontece a Olimpíada do Cei, quando podemos utilizar as práticas esportivas num evento que envolve a escola como um todo.

As “Atividades Aquáticas”, que fazem parte do terceiro módulo, têm como objetivo principal levar o aluno a desenvolver e aprimorar as diversas formas de se expressar no meio líquido, entrando em contato com os fundamentos dos diferentes nados. Para tanto, utilizamos materiais como steps, argolas, pranchas, flutuadores, traves e objeto que flutuam ou afundam.

Inglês

Ao longo do ano letivo, cada série desenvolve três grandes projetos com temas que contemplam os interesses de sua faixa etária.

Neste processo, selecionamos apenas determinadas palavras e estruturas da Língua Inglesa a serem estudadas por série, mas oferecemos a cada aluno a oportunidade de aprofundar seu conhecimento do idioma de acordo com suas possibilidades. Ao pesquisarem sobre cada assunto tratado, os alunos poderão utilizar vocabulário e estruturas gramaticais anteriormente assimiladas e apresentá-las aos colegas, em um verdadeiro processo de troca de informação e saberes.

Optamos por trabalhar com projetos, pois lidamos com níveis diferentes de desenvolvimento: alunos que estudam na Extensão, os que fazem cursos de Inglês e os que não têm outro contato com a Língua Inglesa. Além disso, os projetos proporcionam aos alunos enriquecerem seus conhecimentos gerais e conhecerem outras culturas, sempre utilizando o Inglês como meio de comunicação.

Música

A música mobiliza o aluno nos aspectos físico-motor, afetivo e intelectual, proporcionando uma forma de expressão de seus sentimentos, idéias, valores e cultura, e uma forma de se comunicar consigo mesmo e com o meio que o circunda.

Através de projetos interdisciplinares como o teatro, onde trabalhamos a sonoplastia e a trilha sonora, ou como a poesia, fazendo a produção musical a partir de suas criações poéticas – para citar alguns exemplos – a aula de música se propõe a criar um diálogo com diversas linguagens, desenvolvendo elementos fundamentais na formação do indivíduo, sempre de maneira lúdica e prazerosa.

Sem contar que, durante o andamento dos projetos, todos têm a oportunidade de desenvolver maior capacidade de criar, recriar, improvisar e interpretar, elementos estes que possibilitam uma melhor relação com o mundo.

Mídias

Como nos diz Margarida Belchior, “A utilização de computadores não deve estar dissociada do currículo que o professor pretende implementar. Para se tirar o máximo do uso dos computadores é importante que as atividades feitas com o apoio destes sejam um complemento das atividades gerais.”

No Cei, a Mídia se propõe a ir além dos métodos tradicionais empregados na educação.

Partindo da idéia de que o aluno, além de observar, analisar e conhecer, precisa vivenciar, principalmente, o processo de criação, a nossa proposta busca fazer com que os trabalhos desenvolvidos reflitam a autoria dos alunos, trazendo a informática para o cotidiano da escola como um meio que dá suporte às atividades pedagógicas. As aulas no laboratório são integradas ao currículo e ao planejamento geral de cada turma, criando um espaço onde os alunos, de forma regular e sistemática, experimentam produzir algo, através de diferentes técnicas como animação, produção de vídeos, apresentação em slides, pesquisas, produções textuais e arte em computador.