Aulas Especializadas

No Espaço Integrado temos grande preocupação em favorecer o contato dos alunos com as diversas formas de expressão. Sendo assim, de acordo com a nossa proposta, oferecemos aulas especializadas, como Artes Plásticas, Música e Educação Física cujo maior objetivo é transmitir a mensagem de que há diferentes formas de ver, entender, representar e construir o mundo. Queremos, assim, formar indivíduos sensíveis e com capacidade de se comunicarem e se expressarem através das diferentes linguagens do mundo contemporâneo.Cada professor planeja propostas visando os objetivos específicos de sua área, procurando integrá-las ao cotidiano da sala de aula.

Artes Plásticas

Nas aulas de Artes temos como objetivo garantir à criança a expressão de suas idéias e sentimentos, despertando sua curiosidade, possibilitando o desenvolvimento de sua competência artística. Esta metodologia explora a Arte como sensibilidade e conhecimento através da análise visual de obras de artistas consagrados. A idéia é eleger um artista cuja obra gere desdobramentos férteis, ou seja, que possibilite ao aluno o contato com um universo plástico, sensibilizando o olhar para a “leitura de imagens”. Esta abordagem estimula a comunicação verbal a partir de associações produzidas ao observar cada obra. Busca-se ainda ampliar o acesso a conteúdos e contextos culturais próximos ao artista em destaque. Por fim, é nosso desejo, provocar a curiosidade e o gosto pela criação plástica em atividades práticas de ateliê, através do contato direto com diversos materiais e técnicas de artes visuais.

“[…] esta metodologia do ensino da arte corresponde às quatro coisas mais importantes que as pessoas fazem com arte. Elas produzem, elas a vêem, elas procuram entender seu lugar na cultura através do tempo, elas fazem julgamento acerca de sua qualidade.”
– Ana Mae Barbosa.

Os conteúdos de Artes são inseridos através do jogo lúdico, da ação-imitação e do faz-de-conta. Desta forma criamos situações que permitam ao aluno vivenciar o imaginário e estimular, com os materiais de artes plásticas, a percepção, o pensamento e a criatividade.

Música

A Educação Musical na escola visa à compreensão da diversidade de práticas e manifestações musicais da nossa cultura bem como de culturas mais distantes, como também o “fazer musical”.

Nas aulas, a criança é levada ao reconhecimento dos conteúdos significativos da música (altura, intensidade, duração, timbre, densidade), fatores facilitadores para a produção sonora, que inclui os atos de cantar e tocar instrumentos.

Esse processo se dá de forma lúdica, prazerosa, gradual, estando o professor atento ao papel essencial e integrador da música, respeitando a diversidade do grupo e incentivando a participação de todos.

Essa aprendizagem dá à criança possibilidades de desenvolver-se através de momentos alegres e descontraídos, indo ao encontro de seus interesses. O conteúdo é sempre significativo e contextualizado, articulando-se com as demais linguagens desenvolvidas na sala de aula, o que torna o contato com a música fundamental para o desenvolvimento harmonioso do educando.

Respeitando os limites e cuidados com a faixa etária, o fazer musical, em cada aula, pretende passar pela técnica, execução, criação, literatura (informações/pesquisas) e audição (apreciação).

Educação Física

A aula de Educação Física é realizada através de atividades lúdicas, do jogo e da brincadeira.

Através do movimento, a criança expressa sentimentos, emoções e pensamentos, ampliando as possibilidades do uso significativo do corpo no espaço.

Na Educação Infantil seu principal objetivo é oferecer a todos a oportunidade de expressão, desenvolvendo habilidades motoras que estabeleçam um domínio corporal progressivo para cada faixa etária e que propiciem à criança autonomia para futuras aquisições motoras.

Em nossa concepção “Brincar é coisa séria”, pois a brincadeira acontece em um contexto específico. Neste universo, a criança pode tratar do real sem se submeter a ele, podendo assim, sem grandes conseqüências, arriscar, criar, inovar e inventar.

Quanto mais rico e desafiador for esse ambiente, maior a possibilidade de ampliação de conhecimento acerca de si mesma, dos outros e do ambiente em que vive, contribuindo para a difícil construção da identidade pessoal.

Alguns aspectos são contemplados nesta área com objetivos específicos, entre eles:

Motor – desenvolver as habilidades motoras (coordenação, lateralidade, equilíbrio, organização espaço-temporal e flexibilidade).

Sócio-afetivo – exercer vários papéis sociais (com suas normas, condutas e aspectos morais).

Cognitivo – exercitar a atenção e a imaginação e pelo uso progressivo de processos mentais mais complexos.

Durante as aulas os alunos exploram as possibilidades de gestos e ritmos corporais para expressarem-se nas brincadeiras e demais situações de interação. As atividades proporcionam que as crianças desloquem-se com destreza progressiva no espaço; apropriem-se gradativamente da imagem corporal (percepção das sensações, limites, potencialidades e integridade do corpo) e desenvolvam atitude de confiança nas próprias capacidades motoras.

Nosso intuito é estimular a autoconfiança, a criatividade, o companheirismo e o respeito ao próximo através de vivências que possibilitem, gradualmente, avanços do desenvolvimento das crianças.